Notícias

TJ/SC abre inscrições para 2ª Mostra de Boas Práticas no Judiciário catarinense

single-image

Os trabalhos selecionados serão apresentados no Auditório do Pleno, anexo ao Tribunal de Justiça, em Florianópolis, em 1º de outubro deste ano. Ele integrará a programação de aniversário do TJ, que completará 121 anos de história em 2012. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 31 de julho. Para mais informações e inscrições no site da Academia Judicial (Clique aqui para acessar).

Histórico


A 1ª edição da Mostra de Boas Práticas no Judiciário catarinense aconteceu em 2010 e reuniu mais de 300 magistrados e servidores. O evento que aconteceu no dia 8 de outubro, apresentou os trabalhos desenvolvidos pelo desembargador Luiz Cézar Medeiros e juízes Sílvio Dagoberto Orsatto, Janice Goulart Garcia Ubialli e Edison Zimmer.
Planejamento estratégico e os reflexos nas práticas do gabinete foi o case apresentado pelo desembargador Luiz Cézar Medeiros. O magistrado mostrou que atitudes simples de organização, dinamismo e trabalho em grupo podem fazer a diferença na rotina do ambiente de trabalho.
O juiz Silvio Dagoberto Orsatto, titular da Vara da Fazenda da comarca de Lages, em parceria com o Instituto Paternidade Responsável, criou o projeto “A Justiça vai à Escola”. Com este programa o magistrado comprovou que é possível levar a Justiça até as crianças e adolescentes.
Para resolver acidentes de trânsito sem aborreci­mentos, a juíza de direito de 2º Grau, Janice Goulart Garcia Ubialli, titular do Juizado Especial Cível da comarca de Criciúma, à época, criou o Juizado Especial de Trânsi­to (JET). A juíza comprovou que formando parcerias é possível realizar bons trabalhos.
O último a apresentar seu case foi o juiz Edison Zimmer, idealizador do projeto “Rede de atendimento para menores em conflito com a lei”, realizado na comarca de Rio do Sul. Em sua palestra, o magistrado mostrou que os adolescentes que cometeram algum ato infracional devem ter atendimento diferenciado para o melhor cumprimento das medidas socioeducativas. A 1ª Mostra de Boas Práticas do Judiciário catarinense teve ainda palestras dos professores Eugê­nio Mussak e Heinz Schurt.