Notícias

Magistrados aposentados recebem homenagem em sessão do TJSC

single-image

O Tribunal de Justiça realizou na tarde de hoje (18/12) uma sessão em homenagem aos magistrados aposentados, os desembargadores Joel Dias Figueira Júnior e Ronaldo Moritz Martins da Silva, e a juíza Denise Helena Schild de Oliveira. A cerimônia foi marcada pela emoção dos homenageados que demonstraram agradecimento ao Poder Judiciário.

A proposta de homenagem foi feita pelo presidente do Tribunal, desembargador Rodrigo Collaço, que presidiu a sessão. Os três foram recepcionados pelo desembargador Pedro Abreu que destacou o afeto, consideração e respeito por Joel Figueira Júnior, Ronaldo Moritz e Denise Schild ao longo da convivência e enalteceu a trajetória de devotada dedicação à magistratura e à causa da Justiça.

Abreu referiu-se ao jubilamento dos magistrados como um renascer para a vida, uma retomada da história pessoal e familiar. “Esta fase nos desafia e temos que ter sabedoria para sair com dignidade, saúde, energia e vitalidade da profissão para germinar e retomar o prazer da vida e ser feliz!”, finalizou o desembargador.

Lembranças

A juíza Denise Schild falou da atuação no Judiciário e das pessoas e comarcas por onde passou. “Lembranças são feitas de momentos tal qual uma colcha de retalhos que tecemos a cada etapa de nossa existência”, afirmou. Ao final, emocionada, disse que a homenagem é uma recompensa ímpar pela dedicação ao Judiciário.

Equilíbrio

Ronaldo Moritz mostrou-se honrado por integrar o Poder Judiciário de Santa Catarina. “Considero este período um tempo de equilíbrio, sensibilidade, de vocações serenas e sólidas, de sofisticada atividade intelectual, de isenção e de culto a uma ordem jurídica justa”, pontuou.

Realização

Já o desembargador aposentado Joel Figueira Júnior, disse ter um sentimento de realização ao longo de 35 anos dedicados à Judicatura. “Percebi que o grande ciclo haveria de ser concluído para iniciar uma nova etapa em minha vida”, ponderou. E, muito emocionado, manifestou gratidão aos magistrados, advogados, membros do Ministério Público, serventuários da Justiça e, em especial à sua família no trajeto vivido.

A solenidade contou com a presença de integrantes do Tribunal Pleno, familiares e convidados. A presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses – AMC, juíza Jussara Wandscheer, prestigiou o ato.