Notícias

AMC encaminha doação de computadores para jovens do projeto Novos Caminhos

single-image

Jovens e adolescentes atendidos pelo projeto Novos Caminhos vão receber uma doação de 40 notebooks e 20 computadores. A presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juíza Jussara Wandscheer, esteve hoje (18) na sede da Engie Energia, responsável pela doação, para agradecer a iniciativa. Os equipamentos serão utilizados em casas de acolhimento para auxiliar os jovens com as atividades escolares e profissionalizantes. 

A presidente explicou que esses equipamentos serão levados às unidades com maior necessidade no momento, como Joinville, Blumenau e Lages.

“Entendemos  que a profissionalização e o acesso à informação são fundamentais para os jovens e, com o contexto da pandemia, percebemos a dificuldade de acesso aos estudos dentro dos próprios abrigos, por isso a doação da Engie se fez ainda mais importante”, conta a juíza. 

“Assim que tomamos conhecimento da causa, nos sensibilizamos e resolvemos ajudar. Acreditamos que a inclusão social do adolescente é fundamental para uma sociedade mais justa, por isso tornamos essa causa um dos pilares da nossa empresa”, justifica o diretor administrativo da empresa, Júlio César Lunardi. Quatro adolescentes atendidos pelo projeto Novos Caminhos fazem parte do quadro de funcionários da empresa atualmente. 

O projeto está aberto para receber doações de outras empresas para que seja possível equipar os abrigos de todo o estado. A ideia é ampliar o acesso à educação das crianças e adolescentes com computadores e internet de qualidade.

Conheça o projeto

O Programa Novos Caminhos tem como objetivo ajudar jovens que estão prestes a sair das casas de acolhimento, pelo limite de idade, oferecendo alternativas de qualificação para o mercado de trabalho, por meio de cursos profissionalizantes, além do encaminhamento para vagas de emprego em empresas parceiras do projeto. A ideia é que eles ganhem autonomia e independência financeira para a vida fora dos abrigos. 

Leia também: Novos Caminhos quer aprimorar o acesso de adolescentes abrigados ao mercado de trabalho.

O projeto é realizado há sete anos, numa parceria entre a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), a Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (CEIJ) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC). A iniciativa atende jovens das 200 unidades de casas de acolhimento em todo o estado. 

Atualmente, também apoiam o programa a Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina (OABSC), o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio). A Associação Catarinense de Medicina (ACM) e a Fundação de Estudos Superiores de Administração e Gerência (FESAG) também são parceiros da iniciativa.