Destaque Notícias

AMC promove votação simbólica para cargos da cúpula do PJSC

single-image

No dia 26 de novembro, todos os Magistrados de 1º grau poderão votar em seus candidatos para os cargos diretivos do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC). A votação simbólica promovida pela AMC procura sinalizar o desejo de participação da Magistratura catarinense na escolha de seus dirigentes.

O resultado será divulgado no mesmo dia e a votação oficial, pelos membros do Tribunal Pleno do TJSC, ocorrerá no dia 1 de dezembro. Os eleitos serão responsáveis pela gestão do PJSC no biênio 2022-2023. São candidatos à presidência os Desembargadores João Henrique Blasi e Soraya Nunes Lins. 

Duas eleições simbólicas já foram realizadas em Santa Catarina. Em 2017, 19 Magistrados integrantes das Coordenadorias de Campos Novos e Videira participaram de um pleito simbólico organizado pioneiramente pelo Juiz Paulo Eduardo Huergo Farah, responsável pela Coordenadoria de Campos Novos à época. Já em 2020, o pleito simbólico promovido pela AMC permitiu a participação de todos os Juízes vitalícios de 1º grau. 

A votação de 2020 seguiu o modelo previsto na PEC 187/2012 que tramita na Câmara dos Deputados. O projeto sugere que a eleição dos órgãos diretivos dos tribunais, exceto os cargos de corregedoria, ocorra por todos os Magistrados vitalícios em atividade, por maioria absoluta em voto direto e secreto.

Confira a nominata completa dos candidatos:

Desembargador João Henrique Blasi – candidato à presidência do PJSC;
Desembargador Altamiro de Oliveira, candidato à 1ª vice-presidência;
Desembargador Getúlio Corrêa, candidato à 2ª vice-presidência;
Desembargador Newton Varella Júnior, candidato à 3ª vice-presidência;
Desembargadora Denise Volpato, candidata a corregedora-geral da Justiça;
Desembargador Rubens Schulz, candidato a corregedor-geral do foro extrajudicial.  

Desembargadora Soraya Nunes Lins  – candidata à presidência do PJSC;
Desembargador Túlio José Moura Pinheiro, candidato a 1º vice-presidente;
Desembargadora Vera Lúcia Ferreira Copetti, candidata a 2ª vice-presidente;
Desembargador Gerson Cherem II, candidato a 3º vice-presidente;
Desembargador Roberto Lucas Pacheco, candidato a corregedor-geral da Justiça;
Desembargador Artur Jenichen Filho, candidato a corregedor-geral do foro extrajudicial.