Notícias

Associação que auxilia recuperação de dependentes químicos pede ajuda

single-image

A Associação de Mãos Dadas, a AMADAS – instituição civil de direito privado, sem fins econômicos, que tem como objetivo principal apoiar os dependentes químicos em recuperação e promover o seu reingresso social –, solicita a ajuda dos associados da AMC a fim de dar continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo. Fundada em 15 de junho deste ano, a AMADAS vem passando por dificuldades no pagamento de luz, água e aluguel, pois apenas depois de um ano de carência poderá declarar-se de utilidade pública, recebendo, assim, verbas públicas.

Além disso, a Associação pretende mudar de bairro (está atualmente sediada na Caieira da Barra do Sul, em Florianópolis), pois a grande distância do centro da Capital dificulta a entrega de doações e o trabalho que posteriormente será desenvolvido por voluntários da área médica e pedagógica. A AMADAS também tem buscado a ajuda de empresários para adquirir uma máquina de lavar roupa, um computador, alimentos e material de limpeza e higiene.

Segundo a diretora-executiva da instituição, Eliana de Freitas Ribeiro, algumas esposas de juízes e desembargadores do Estado têm colaborado desde o início das atividades da AMADAS. “Contudo, quanto mais a notícia for divulgada, maior será o número de pessoas que fazem parte da AMC que manifestarão sua vontade de ajudar”, explicou.

Interessados em fazer doações, ou auxiliar a AMADAS de alguma forma, podem ligar para os telefones (48) 236-2232, 9916-1932 ou 9972-6833. O endereço completo da Associação é: Rodovia Bladicero Filomeno, nº 19.383, Caieira da Barra do Sul, Florianópolis/SC.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da AMC