Notícias

Escrivã do TJ recebe menção honrosa no Concurso Estadual de Monografia Jurídica

single-image

A comissão julgadora do Concurso Estadual de Monografia Jurídica informa que o trabalho ”A racionalização de procedimentos cartorários como solução para uma justiça eficaz”, da escrivã designada do Tribunal de Justiça Daniela Freitas, recebeu menção honrosa. O concurso foi promovido pela Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) e a Escola da Magistratura do Estado de Santa Catarina (ESMESC), com apoio da Academia Judicial. O vencedor foi o servidor Jonas Araújo, atual ouvidor dos servidores do Poder Judiciário de Santa Catarina.

Araújo venceu a disputa com o trabalho intitulado ”A Aplicação da Audiência de Conciliação nos Processos de Execução Fiscal no Município de São José como Forma de Celeridade e Economia Processual”. Em segundo lugar, ficou o juiz de direito substituto de 2º Grau, Victor Sebem Ferreira, com o trabalho ”Mutirão de Conciliação e da Cidadania – Instituto para Racionalização e Efetividade da Justiça”.

O concurso teve como objetivo proporcionar o debate sobre temas ligados à magistratura, com enfâse na efetividade e racionalização da Justiça. A solenidade de premiação ocorreu no último dia 12 de novembro, durante o Congresso Estadual de Magistrados, em Blumenau.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da AMC