Manuais

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) disponibiliza aos seus associados, neste espaço, uma cartilha contendo dicas de como aprimorar o relacionamento com a imprensa (media training).

:: Imprensa
Os veículos de comunicação e os jornalistas têm enorme influência sobre a opinião pública. Ter uma boa relação com eles significa zelar pela imagem da instituição e garantir o reconhecimento de seu trabalho.
O relacionamento pode ser benéfico se bem aproveitado e orientado, e pode ser desastroso se for mal conduzido ou mesmo desconsiderado.

:: Notícia
Nem toda informação é notícia, ou seja, tem interesse jornalístico. Para ser notícia, a informação deve ser inédita, atual, relevante para o público, inusitada e interessar ao maior número possível de pessoas.
O resultado de uma notícia positiva depende também do planejamento de divulgação, feito pela assessoria de imprensa.

:: Entrevista
O essencial para uma boa entrevista é preparação.
O assessor de imprensa é um jornalista que trabalha no interesse da instituição e vai ajudá-lo a levantar questões que serão abordadas na entrevista e a subsidiar suas respostas.
Defina previamente com a assessoria de imprensa as mensagens que se quer passar, qual o fato mais importante a ser comunicado.
Os jornalistas que ligam sem aviso prévio devem ser encaminhados à assessoria de imprensa.

:: Passo a passo da entrevista
Entenda a pauta e o objetivo da entrevista;

  1. esteja consciente das expectativas do jornalista em relação às informações que pretende obter (o jornalista sai da redação com um objetivo definido);
  2. avalie a importância da entrevista, se ela é estratégica ou se trará riscos ou prejuízos;
  3. conheça o veículo de comunicação e a linha editorial;
  4. leia o clippping do dia (os jornalistas buscam opiniões sobre temas polêmicos e políticos);
    informe-se sobre assuntos que não devem ser abordados e comunique ao jornalista de que são estratégicos e confidenciais;
  5. converse com o repórter antes da entrevista e combine quais perguntas serão feitas; no entanto, prepare-se para responder outras perguntas que surgirem no momento;
  6. prepare-se para ser fotografado;
  7. se estiver representando a instituição, não emita opiniões pessoais para evitar problemas de imagem para você e para a instituição

:: Durante a entrevista

  1. vá direto ao assunto; não inicie agradecendo ou cumprimentando;
  2. seja cordial;
  3. fique calmo;
  4. não use palavras negativas;
  5. entenda bem a pergunta antes de responder; se necessário, peça para repeti-la;
  6. fale de forma objetiva, concisa e clara;
  7. fale em linguagem clara;
  8. use frases curtas;
  9. transmita segurança;
  10. tenha gestos naturais;
  11. atente-se para a sua postura e expressão facial, que podem confirmar ou negar o que você está dizendo;
  12. não tente segurar o microfone;
  13. repita, sob diferentes enfoques, os aspectos que você quer destacar;
  14. se for perguntado sobre um problema, responda de forma a solucioná-lo, positivamente;
  15. corrija o repórter se ele tiver informação errada ou deturpada;
  16. não interrompa o repórter nem se antecipe em responder o que não foi perguntado;
  17. entregue um cartão de visitas para garantir que seu nome e cargo serão publicados corretamente;
  18. ao final, pergunte se restou alguma dúvida a ser esclarecida sobre o que foi conversado.

:: Na televisão

  1. use roupas e cores discretas; evite xadrez, listrado e bolinhas;
  2. fique numa posição confortável e sempre na mesma altura do repórter;
  3. olhe para o entrevistador enquanto estiver falando;
  4. mantenha-se concentrado na entrevista até a câmera ser desligada.
  5. :: Depois da entrevista
  6. nunca entre em contato direto com os superiores do repórter ou com ele para observação ou comentário, esse papel é da assessoria de imprensa;
  7. entenda que nem sempre um fato relevante para a instituição tem interesse jornalístico;
  8. se ficar acertado que a entrevista é exclusiva, não forneça as mesmas informações para outro jornalista mesmo informalmente.

:: O que não fazer

  1. não seja ambíguo e não saia do assunto principal;
  2. não fale sobre o que não quer que seja publicado;
  3. nunca use a expressão “nada a declarar”;
  4. evite polemizar ou comentar declarações feitas por outras pessoas;
  5. atenha-se aos fatos e não se refira a comentários ou informações sem fonte;
  6. não minta;
  7. não preste informações prejudiciais à instituição; omita;
  8. não assuma postura de superioridade ou ironia;
  9. não recrimine o repórter nem aceite provocações;
  10. nunca ofereça pagamento para ter matéria publicada;
  11. nunca peça para ler a matéria antes de ser publicada;
  12. não peça explicitamente para que sejam publicadas matérias de interesse da instituição, o jornalista precisa ser convencido da importância da informação para publicá-la;
  13. não interfira no texto e nas anotações;
  14. tome cuidado com os documentos confidenciais sobre a mesa;
  15. evite comentários informais após a entrevista; o repórter pode tentar obter mais informações;
  16. não confirme frases ditas pelo repórter com um sim ou um gesto, ele pode considerar a frase como sua;
  17. se não souber responder a alguma pergunta, seja sincero.