Untitled Document
   
conheca ent-judiciario associados esmesc sala-imprensa
Notícias
Nota de falecimento: Senhora Idelvina da Costa Meneguzzi
19/07/2018 - 11:07:33 - Autor: Sandra de Araujo/Assessoria de Imprensa da AMC

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) comunica, com profundo pesar, o falecimento da senhora Idelvina da Costa Meneguzzi, mãe da desembargadora Hildemar Meneguzzi, ocorrido na última quarta-feira (18/7). O velório ocorre na Capela Mortuária de Tangará. O sepultamento está marcado para as 16 horas de hoje (19/7), no Cemitério de Tangará. Aos familiares e amigos, a AMC apresenta as suas sentidas condolências, rogando a Deus que lhes dê forças para superar esse difícil momento.

 

 
Nota de Falecimento – Desembargador aposentado José Roberge
17/07/2018 - 09:07:26 - Autor: Sandra de Araujo - Assessoria de Imprensa da AMC

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) comunica, com profundo pesar, o falecimento do desembargador aposentado José Roberge, pai do juiz Renato Luiz Carvalho Roberge, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Joinville, na manhã de hoje (17/7). O velório será a partir das 12h, no Cemitério Jardim da Saudade, Km 51, BR-470,  Bairro Fortaleza, em Blumenau. O sepultamento ainda hoje, às 17hs,  no mesmo local.

 
Instalada a Vara do Tribunal do Júri na Comarca de Joinville
16/07/2018 - 19:07:20 - Autor: Texto: Sandra de Araujo - Assessoria de Imprensa da AMC - Fotos: Ângelo Medeiros - Assessoria de Imprensa/TJSC

A Comarca de Joinville passa a contar oficialmente com a Vara do Tribunal do Júri. A solenidade de instalação foi realizada no final da tarde de hoje, 16/7, no Salão do Júri da comarca de Joinville, em sessão extraordinária do Órgão Especial, sob a presidência do desembargador Rodrigo Collaço, presidente do Tribunal de Justiça.  A nova unidade terá competência privativa para o julgamento de crimes dolosos contra a vida e é a segunda do Estado com esta atribuição depois da Comarca da Capital.

 
Novos juízes catarinenses começam curso de formação
16/07/2018 - 10:07:50 - Autor: Beatriz Cavenaghi
Os 26 juízes empossados na última sexta-feira, 13/7, começaram hoje o Curso de Formação Inicial da Magistratura do Estado de Santa Catarina. O objetivo é oferecer uma formação específica que contemple as habilidades e atitudes necessárias para o exercício da magistratura. O início dos trabalhos foi marcado por uma breve cerimônia de abertura, presidida pelo diretor-executivo da Academia Judicial, desembargador Luiz Cézar Medeiros. Ele destacou que os novos juízes têm comprovado conhecimento sobre o direito, já que passaram por um rigoroso processo de seleção e por isso, “o curso não vai ensinar direito, mas como aplicar o direito, ou seja, como aplicar a bagagem teórica ao jurisdicionado”. 
 
Magistratura tem posse de 26 novos juízes substitutos
14/07/2018 - 10:07:43

O Tribunal de Justiça deu posse ontem (13/7) aos 26 juízes substitutos aprovados em concurso público de provas e de títulos. A sessão solene do Tribunal Pleno, sob a presidência do desembargador Rodrigo Collaço, contou com detalhe inédito no cerimonial: a entrega das togas aos novos magistrados pela juíza Jussara Schittler dos Santos Wandscheer, presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), na companhia de um familiar do empossado. Esta foi uma homenagem às origens e um marco ao vínculo recém-criado com o Poder Judiciário.

 
AMC participa do lançamento do sistema Busca Ativa
13/07/2018 - 11:07:49

Crianças e adolescentes que vivem em abrigos de Santa Catarina agora contam com uma nova ferramenta de incentivo à adoção. O sistema Busca Ativa, lançado ontem, 12/7, no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, vai disponibilizar fotos e vídeos que mostram as crianças abrigadas falando sobre sua rotina, seus gostos e sonhos. O acesso a esse material é controlado pela Ceja – Comissão Estadual Judiciária de Adoção – que vai permitir a visualização por pretendentes habilitados à adoção.

 
AMB abre inscrições para o II FONAVEP
10/07/2018 - 10:07:35

Já estão abertas as inscrições para o II Fórum Nacional de Execução Penal (FONAVEP), que acontece de 30 a 31 de agosto, no Hotel Grand Mercure, em Belém (PA). O magistrado associado interessado em participar deve acessar o hotsite (clique aqui) para se matricular. Filiados à AMB não pagam a taxa de inscrição.

 

 
Nota de esclarecimento – cargos de assessores para juízes de 1º grau
03/07/2018 - 20:07:41

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), entidade que representa os juízes e desembargadores do Poder Judiciário de Santa Catarina, vem a público prestar esclarecimentos sobre o projeto de lei recentemente aprovado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC) - que trata da extinção de cargos na esfera administrativa e da criação de 462 novos cargos de assessores com lotação nos gabinetes dos juízes que atuam nas comarcas do Estado – e que vem sendo alvo de ataques infundados nas redes sociais. 

 

 
Ferramenta para estimular a adoção tardia será lançada no dia 12 de julho
03/07/2018 - 11:07:39

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC), por meio da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ), lança, no dia 12 de julho, o sistema Busca Ativa - uma ferramenta que tem como objetivo ampliar o acesso a informações de crianças e adolescentes acolhidos, aptos, mas sem perspectiva de adoção, aumentando, assim, as chances destes de encontrarem uma família adotiva. O evento é aberto ao público em geral e será realizado, às 10h, no auditório Teori Zavascki, no TJ/SC.

 

 
Presidente da AMC defende integração entre instituições para aprimorar o combate ao crime organizado
02/07/2018 - 14:07:46

A presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juíza Jussara Schittler dos Santos Wandscheer, participou, na tarde da última quinta-feira (28/6), do painel realizado na 5ª Edição do Seminário Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Segurança Pública (SICTI). O evento, realizado no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, iniciou na quarta-feira (27/6), e terminou na sexta (29/6).

Para a magistrada, embora cada instituição atue dentro de suas atribuições, o diálogo se faz necessário. “O debate e integração entre as instituições é necessário para aprimorar o combate ao crime organizado. As ações devem ser concatenadas, pois de nada adiantará a recente instalação de vara especializada (Vara Criminal Metropolitana de Florianópolis) e a vara privativa do Tribunal do Júri, em Joinville, se a investigação não trouxer elementos seguros para a deflagração da ação penal, seu processamento e a consequente responsabilização dos autores do crime”, pontuou.

O seminário, promovido pelo Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC/UFSC), em parceria com a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (Diretoria de Formação e Capacitação – DIFC/SSP/SC), teve como tema este ano a “Inteligência Policial e o Combate ao Crime Organizado” e o encontro teve como propósito promover discussões interinstitucionais, envolvendo policiais, profissionais da área e representantes de organizações públicas e privadas, bem como, pesquisadores nacionais e internacionais.

No debate, também se fizeram presentes o comandante da Polícia Militar de Santa Catarina (PM/SC), coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, o chefe da Divisão de Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil, delegado Antônio Claudio de Seixas Jóca, e o promotor de Justiça de Blumenau, Flavio Duarte de Souza. A mediadora do tema foi a professora Gertrudes Aparecida Dandolini, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC), da UFSC.

Em sua explanação, o comandante da PM/SC falou sobre o “Enfrentamento do Crime Organizado em Santa Catarina”, com o tema “A atuação da PM no combate às facções criminosas e seu papel na segurança da sociedade”. Já o delegado Seixas Jóca também destacou a importância de se trabalhar de forma integrada. “As investigações realizadas para apurar os crimes de participação em organizações criminosas e outros conexos deve se dar de forma especializada e proativa, por meio de parcerias com outras unidades policiais e demais instituições como o Ministério Público e o Poder Judiciário, onde o sucesso desse tipo de investigação está diretamente ligado à essa especialização e integração das instituições”, frisou.

O promotor de Justiça Flavio Souza, de igual modo, ressaltou a importância de se trabalhar uma maior aproximação entre os órgãos que atuam no combate ao crime organizado. "O evento foi de uma importância ímpar em razão de congregar no mesmo ambiente instituições incumbidas da repressão e prevenção ao crime organizado. Essa aproximação é de fundamental importância para se colher resultados eficientes e que a sociedade espera”, apontou.

 

 
- AMC e SCPREV encerram série de encontros sobre previdência com encontro na Capital
- Nota de falecimento – Sra. Neuza Sell
- ESMESC realiza sétima edição do Encontro Estadual de Alunos, na Capital
- Programa Novos Caminhos ganha portal próprio na internet
- Plenário da Alesc aprova projeto que cria cargos de assessores para juízes de 1º grau