Untitled Document
   
conheca ent-judiciario associados esmesc sala-imprensa
Novos Caminhos forma mais uma turma em Blumenau
30/11/2017 - 15:11:46   No. Acessos: 75
Jovens que vivem em abrigos de Blumenau concluíram a primeira etapa do programa Novos Caminhos e participaram, nesta quarta-feira (29/11), da solenidade de formatura, realizada no Centro Empresarial de Blumenau (CEB).
 
Ao todo, 25 adolescentes foram diplomados pelo programa, fruto de iniciativa conjunta entre Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) e Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), e que atende jovens de 14 a 18 anos que vivem em programas de acolhimento de Blumenau.
 
A turma iniciou suas atividades em maio deste ano e participou de cursos ministrados pelo IEL, SESI, SENAI E SENAC, visando desenvolver capacitações voltadas a questões comportamentais, trabalhistas e também educacionais, além de possibilitar a inserção em cursos de qualificação, aprendizagem e técnicos.
 
Participaram do evento as Magistradas que atuam na comarca de Blumenau, Cibelle Mendes Beltrame e Simone Faria Locks. “É gratificante ver esses adolescentes se preparando para o mercado de trabalho, para a vida, para um novo futuro. Parabéns a todos os envolvidos neste projeto lindo, que resgata a cidadania, a autoestima e capacita nossos jovens para trilharem seus próprios caminhos”, destaca Cibelle.
 
Sobre o Programa Novos Caminho
 
O Programa Novos Caminhos proporciona aos adolescentes com idade acima de 14 anos em situação de acolhimento, a formação social, o aprender a conviver e a formação técnica. Com isso, desenvolve as potencialidades e contribui para a inclusão social destes adolescentes no mundo do trabalho, geração de renda e participação social, para a construção da autonomia, a fim de proporcionar-lhes a perspectiva de uma vida adulta com qualidade e dignidade, com o consequente exercício pleno da cidadania.
 
Ao ingressarem, os adolescentes são acompanhados individualmente e encaminhados a programas de escolarização, qualificação, profissionalização e atividades complementares. Após concluírem os programas de capacitação, os jovens são encaminhados ao mundo do trabalho. Para que esse processo ocorra de forma adequada e segura, o programa também prevê a sensibilização e a orientação da comunidade empresarial, convidando-os a fazer parte dessa ação social.