Untitled Document
   
conheca ent-judiciario associados esmesc sala-imprensa
Presidente da AMC defende integração entre instituições para aprimorar o combate ao crime organizado
02/07/2018 - 14:07:46   No. Acessos: 109

A presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juíza Jussara Schittler dos Santos Wandscheer, participou, na tarde da última quinta-feira (28/6), do painel realizado na 5ª Edição do Seminário Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Segurança Pública (SICTI). O evento, realizado no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, iniciou na quarta-feira (27/6), e terminou na sexta (29/6).

Para a magistrada, embora cada instituição atue dentro de suas atribuições, o diálogo se faz necessário. “O debate e integração entre as instituições é necessário para aprimorar o combate ao crime organizado. As ações devem ser concatenadas, pois de nada adiantará a recente instalação de vara especializada (Vara Criminal Metropolitana de Florianópolis) e a vara privativa do Tribunal do Júri, em Joinville, se a investigação não trouxer elementos seguros para a deflagração da ação penal, seu processamento e a consequente responsabilização dos autores do crime”, pontuou.

O seminário, promovido pelo Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC/UFSC), em parceria com a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (Diretoria de Formação e Capacitação – DIFC/SSP/SC), teve como tema este ano a “Inteligência Policial e o Combate ao Crime Organizado” e o encontro teve como propósito promover discussões interinstitucionais, envolvendo policiais, profissionais da área e representantes de organizações públicas e privadas, bem como, pesquisadores nacionais e internacionais.

No debate, também se fizeram presentes o comandante da Polícia Militar de Santa Catarina (PM/SC), coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, o chefe da Divisão de Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil, delegado Antônio Claudio de Seixas Jóca, e o promotor de Justiça de Blumenau, Flavio Duarte de Souza. A mediadora do tema foi a professora Gertrudes Aparecida Dandolini, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC), da UFSC.

Em sua explanação, o comandante da PM/SC falou sobre o “Enfrentamento do Crime Organizado em Santa Catarina”, com o tema “A atuação da PM no combate às facções criminosas e seu papel na segurança da sociedade”. Já o delegado Seixas Jóca também destacou a importância de se trabalhar de forma integrada. “As investigações realizadas para apurar os crimes de participação em organizações criminosas e outros conexos deve se dar de forma especializada e proativa, por meio de parcerias com outras unidades policiais e demais instituições como o Ministério Público e o Poder Judiciário, onde o sucesso desse tipo de investigação está diretamente ligado à essa especialização e integração das instituições”, frisou.

O promotor de Justiça Flavio Souza, de igual modo, ressaltou a importância de se trabalhar uma maior aproximação entre os órgãos que atuam no combate ao crime organizado. "O evento foi de uma importância ímpar em razão de congregar no mesmo ambiente instituições incumbidas da repressão e prevenção ao crime organizado. Essa aproximação é de fundamental importância para se colher resultados eficientes e que a sociedade espera”, apontou.