Untitled Document
   
conheca ent-judiciario associados esmesc sala-imprensa
AMC é parceira em campanha de orientação ao eleitor lançada pela OAB/SC
29/08/2018 - 17:08:42 - Autor: Sandra de Araujo / Assessoria de Imprensa da AMC   No. Acessos: 167

A partir de hoje, o eleitor catarinense passa a contar com mais uma ferramenta de orientação para as eleições deste ano. Em conjunto com 16 entidades parceiras, dentre as quais a Associação dos Magistrados Catarinenses – AMC, a OAB/SC está lançando uma campanha digital de esclarecimento ao eleitor. Ela trata da importância da fiscalização dos atos praticados por candidatos que são agentes públicos e/ou detentores de mandatos eletivos, da responsabilidade política e da importância do eleitor, com alerta sobre a venda do voto e incentivando a participação popular nas urnas. O lançamento oficial aconteceu na tarde de hoje (29/8), no auditório da OAB/SC, com entrevista coletiva com os representantes das entidades e órgãos envolvidos.

“Vote com Responsabilidade” é uma evolução das campanhas de orientação ao eleitor desenvolvidas nos últimos pleitos pela Seccional e a Justiça Eleitoral catarinenses, em parceria com as entidades e instituições. Serão disponibilizadas peças informativas para distribuição pelas redes sociais, aplicativos de mensagens, e-mail e site, mostrando aos eleitores a sua responsabilidade na escolha e no acompanhamento dos candidatos, alertando-os sobre as consequências e implicações da omissão nas urnas e para lembrá-los da necessidade de retomar o protagonismo social no meio político.

“A AMC não poderia se furtar, neste momento, de participar de uma campanha com outras entidades parceiras visando o esclarecimento através de mídias digitais sobre a importância da fiscalização dos atos praticados pelos candidatos e pela responsabilidade política e importância do eleitor”, afirmou o 1º vice-presidente da AMC e também juiz efetivo do TRE-SC, Vitoraldo Bridi.

As condutas vedadas a agentes ocupantes de cargos eletivos estão previstas na Lei n. 9.504/94, e integram a campanha  porque são consideradas o mais importante instrumento para evitar abuso do poder econômico e político em um pleito eleitoral, o que resultaria em vantagem indevida por parte desses candidatos.Os parceiros farão a divulgação das peças da campanha em seus canais institucionais, mas a ideia é que a população também participe, compartilhando em suas redes sociais e canais o conteúdo produzido para a iniciativa.