Notícias

Departamento de Segurança promove live sobre ataques digitais

single-image

A AMC vai receber em evento on-line, na próxima terça-feira (29), às 19h, um dos maiores especialistas em segurança virtual do Brasil. Wanderson Castilho, perito em crimes digitais com mais de 4 mil casos solucionados, vai ensinar técnicas para que os magistrados saibam se defender dos ataques digitais mais comuns atualmente.

Wanderson é palestrante e autor dos livros “100 Fatos Marcantes Sobre o Cibercrime no Mundo” (2018), “Você sabe o que seu filho está fazendo na internet?” (2014), “Mentira: um rosto de muitas faces” (2011) e “Manual do Detetive Virtual” (2009) e já concedeu entrevistas aos mais renomados jornalistas e programas de televisão. 

Dados do Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional (NIS) mostram que todos os dias são registradas pelo menos duas ocorrências de ataques aos magistrados e servidores do PJSC. Os mais frequentes são golpes de perfil falso e tentativa de sequestro de conta do WhatsApp, golpes bancários via SMS e a exposição de dados pessoais em casos de grande repercussão.

Os policiais civis Ivan Castilho e Carlos Henrique Pires, integrantes do NIS, também vão participar da palestra e apresentar um panorama dos ataques digitais praticados contra magistrados nos últimos anos.

O evento é promovido pelo Departamento de Segurança da AMC e exclusivo para associados. Para acompanhar o evento, clique aqui e informe seu nome completo e e-mail (por questões de segurança). Após o cadastro, você receberá o link e a senha de acesso no seu e-mail.

Saiba mais sobre os palestrantes:

Wanderson Castilho é CEO da empresa Enetsec, bacharel em Física pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e perito em crimes digitais com mais de 4 mil casos solucionados. É membro representante da América do Sul e América Central do Michigan Collegiate Cyber Defense Network, Industry and Academic Advisory Board, da Universidade de Michigan – EUA. É professor do curso de formação de delegados da Polícia Civil do Estado do Paraná na Escola da Magistratura Federal do Paraná (ESMAFE), no módulo de Cybercrimes, nos anos de 2016, 2017 e 2018. Professor da Escola Superior de Policia do Estado Paraná do curso de formação de delegados, no módulo de Cybercrimes, em 2016.

Carlos Henrique Pires é agente de Polícia Civil, formado em Direito, concluindo a graduação em Ciências da Computação.  Integra o Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. É instrutor da Academia de Polícia Civil de Santa Catarina nas disciplinas de Interceptação Telefônica, Telemática e Quebra de Sigilo de Aplicativos; Investigação de Crimes Cibernéticos; Investigação por meios-eletrônicos e Tecnologias da Informação Policial. Desenvolvedor de softwares e aplicativos, entusiasta do uso de tecnologia em investigações criminais.

Ivan Castilho faz parte de um grupo internacional de policiais que combatem a exploração sexual infantil. É instrutor de operações policiais no Brasil e na América Latina certificado pela Embaixada dos EUA e USA/ICE ( U.S Immigrantion and Customs Enforcement). Com 10 anos de carreira, já atuou nas inteligências da Polícia Civil, da Secretaria de Segurança Pública e do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, onde trabalha atualmente. Também atuou na Copa do Mundo em 2014 e nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.