Notas de Falecimento

Nota de Falecimento – Des. Nicanor Silveira

single-image

09/01/2007

É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do desembargador Nicanor Calírio da Silveira, ocorrido na tarde de ontem (9 de janeiro) na residência do magistrado, em Ponta das Canas, Florianópolis. O velório está ocorrendo nas dependências do Plenário do Tribunal de Justiça. O sepultamento está marcado para as 15h no Cemitério Jardim de Paz, na capital.

Aos familiares do magistrado Nicanor Silveira, a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) apresenta suas sentidas condolências, rogando a Deus que lhes conceda forças para superar este difícil momento.

Histórico

O magistrado atuou na 1ª Câmara do Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Juiz de carreira, Nicanor Calírio da Silveira foi promovido, pelo critério de merecimento, ao cargo de desembargador, durante a gestão do desembargador Amaral e Silva na presidência do Tribunal de Justiça catarinense – fev/2002 a fev/2004.

Iniciou sua carreira na magistratura catarinense como Juiz Substituto na Comarca de Itajaí, em 1981. Três anos após, foi promovido ao cargo de Juiz de Direito com atuação em São Domingos. Posteriormente atuou nas Comarcas de Mondaí, Balneário Camboriú, Tubarão, Itajaí e, por último, na capital. Atuou na Corregedoria-Geral de Justiça, como Juiz-Corregedor Auxiliar. O magistrado, na atual gestão, integrava o Conselho de Administração e ocupava o cargo de Ouvidor da Justiça Catarinense.

O Tribunal de Justiça decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do desembargador.

Assessoria de Comunicação Social da AMC