Destaque Notícias

Candidatos apresentam planos para o PJSC em encontros com Magistrados

single-image

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) promoveu nesta semana lives exclusivas aos associados com os candidatos aos cargos diretivos do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC). O objetivo dos encontros foi criar um espaço de diálogo e aproximação entre os Desembargadores e os Magistrados associados. 

Participaram dos encontros todos os Desembargadores candidatos que compõem as equipes lideradas pelos Desembargadores João Henrique Blasi e Soraya Nunes Lins, ambos candidatos à presidência do PJSC. As conversas foram mediadas pelo Juiz Paulo Eduardo Huergo Farah, diretor de comunicação da AMC, com participação do presidente e da vice-presidente da Associação, Juízes Marcelo Pizolati e Janiara Maldaner Corbeta. 

Os candidatos responderam perguntas formuladas por Magistrados de 1º grau sobre os seguintes temas:

  • perfil dos Juízes que serão indicados para o cargo de Juiz Auxiliar da Presidência, especialmente para o cargo de Coordenador de Magistrados;
  • criação de cargos de Juiz de Segundo Grau, Juiz Especial nas comarcas especiais e vagas de carreira para Juiz de garantias;
  • trabalho em regime de home office;
  • política remuneratória;
  • apoio institucional para Juízes ofendidos e perseguidos por atos realizados no exercício da função;
  • ampliação da estrutura dos gabinetes de primeiro grau;
  • ampliação da participação da AMC em comissões do TJSC;
  • política institucional de marketing no Poder Judiciário catarinense;
  • ações para a formação continuada dos Magistrados via Academia Judicial;
  • democratização do Poder Judiciário.

Para o presidente da AMC, Juiz Marcelo Pizolati, os eventos cumpriram o objetivo de aproximar ainda mais a Magistratura da cúpula diretiva do Tribunal. “Já temos a tradição de diálogo permanente e agora, ainda mais, as lives nos permitiram saber a opinião dos candidatos sobre temas sensíveis para a classe”, explica. 

| Leia também: AMC promove votação simbólica para cargos da cúpula do PJSC

A democratização do Poder Judiciário, especialmente por meio da participação dos Juízes de 1º grau na eleição dos dirigentes do TJSC, foi tema de destaque nos encontros. 

O diretor de comunicação da AMC, Juiz Paulo Eduardo Huergo Farah, enalteceu a presença dos Magistrados nos eventos: “A participação de todos reforça nossa união em prol da democratização do Poder Judiciário, tema tão importante para nós e para toda a sociedade”.

Blasi, em seu discurso final, destacou a produtividade dos Magistrados e servidores do PJSC. “Quero, com essa equipe de alto nível que aqui está, implementar a partir do ano que vem uma administração ainda melhor para o nosso Tribunal de Justiça, com experiência, representatividade e integração”, afirmou.

Soraya, ao finalizar a live, destacou que, se for eleita, manterá a postura que a caracteriza como Desembargadora e corregedora-geral da Justiça: “Pretendo manter um relacionamento harmonioso com os demais poderes e instituições, mas mantendo o Judiciário como um Poder altivo, forte e independente”, destacou. 

Participaram dos eventos, os Desembargadores:

João Henrique Blasi – candidato à presidência do PJSC;
Altamiro de Oliveira, candidato à 1ª vice-presidência;
Getúlio Corrêa, candidato à 2ª vice-presidência;
Newton Varella Júnior, candidato à 3ª vice-presidência;
Denise Volpato, candidata a corregedora-geral da Justiça;
Rubens Schulz, candidato a corregedor-geral do foro extrajudicial.  

Soraya Nunes Lins  – candidata à presidência do PJSC;
Túlio José Moura Pinheiro, candidato a 1º vice-presidente;
Vera Lúcia Ferreira Copetti, candidata a 2ª vice-presidente;
Gerson Cherem II, candidato a 3º vice-presidente;
Roberto Lucas Pacheco, candidato a corregedor-geral da Justiça;
Artur Jenichen Filho, candidato a corregedor-geral do foro extrajudicial.